03/07/11

PAVLOVA

Existe uma grande contradição na origem desta receita. Uns dizem que é um doce típico da Nova Zelândia e outros afirmam que esta sobremesa é originaria da Austrália. Claro que são, nomeadamente, os habitantes de cada local que reclamam ser do respectivo país a iguaria.



Bem, seja ela de onde for, uma coisa é mais que certa - É UMA VERDADEIRA DELICIA!!!!


receita

INGREDIENTES:

- 6 claras de ovo
- 300 gramas de açúcar
- 3 colheres de chá de essência de baunilha
- 1 colher de chá de vinagre
- 1 colher de sopa de farinha Maizena
- 1 pacote e meio de natas


PREPARAÇÃO:

Pré-aquecer o forno a 180º C.
Deita-se o açucar no copo da Bimby e pulveriza-se 15  a 20 segundos, velocidade 9.
Coloca-se a borboleta no copo batem-se as claras em castelo (devem estar à TEMPERATURA AMBIENTE) durante 10 minutos, velocidade 3,5.
Se as claras já tiverem com aspecto de estarem batidas, programe mais 2 minutos na velocidade 3 e junte metade do açúcar, pouco a pouco, pelo bucal.
Numa tigela à parte mistura-se 2 colheres de essência de baunilha, o vinagre , a maizena e o resto do açúcar e depois junta-se a mistura às claras batidas em castelo. Bate-se durante mais 2  minutos, na mesma velocidade.
Deita-se a mistura num tabuleiro forrado com papel vegetal e, com as mãos LAVADAS, dá-se uma forma arredondada.
Baixa a temperatura do forno para 120º C e leva-se a cozer durante 1 hora.
Torna-se a baixar para 100º C e coze mais 1 hora.
Desliga-se o forno e deixa-se arrefecer o merengue dentro do forno.
Quando estiver frio, cobre-se com 1 pacote e meio de natas batidas com pouco açúcar e 1 colher de essência  de baunilha.
Decora-se com fruta a gosto.

0 comentários:

Enviar um comentário

Sejam bem vindos ao meu blog. Espero que gostem. Comentários e opiniões são bem vindos. Serão moderados e responderei assim que possível.
Obrigada
Alexandra