31/08/11

Pudim de natas

Ingredientes:

- 2 embalagens de natas
- 1 lata de leite condensado
- 1 pacote de bolacha maria

Preparação:

Com o copo BEM SECO E LIMPO, batem-se as natas (as natas tem que estar bem frias e depois devem ter pelo menos  30% de gordura. Coloca-se a borboleta, as natas sem tempo. Começa-se a bater na velocidade  2 , para não salpicar tudo e quando começam a engrossar  aumenta-se a velocidade progressivamente até ao 4 e sem o copo medida para as natas receberem ar para poderem subir mais. Ter atenção para não passarem a manteiga).
Junta-se o leite condensado e as bolachas partidas aos bocadinhos, misturando 15 segundos na velocidade colher inversa.

30/08/11

Dicas sobre a massa Folhada

Encontrei estas dicas sobre a massa folhada aqui e achei interessante partilhar aqui. Espero que vos sejam úteis.

1. Como cozer a massa?
A massa folhada deve ser sempre cozida em forno pré-aquecido e a uma temperatura elevada. Se o forno tiver a temperatura distribuída uniformemente, a massa também cresce da mesma forma. Caso contrário, deve ir rodando o recipiente que contem a massa folhada dentro do forno. Se o forno possuir o elemento eléctrico na parte debaixo deve cozer os seus folhados nessa prateleira. Uma vez bem cozida e folhada a massa, deve diminuir a temperatura e deixar no forno mais uns minutos para secar e ficar estaladiça.

Para verificar se a massa está pronta deve reparar se toda ela está dourada. O folhado não é sempre perfeito, podendo baixar ou não atingir a altura que imaginava. Mas, desde que bem cozido, fica sempre delicioso. O folhado deve ser consumido no próprio dia em que foi ao forno, melhor ainda servido quente, saído do forno, embora possa voltar ao forno para ser aquecido.

2. Como guardar a massa?
A preparação da massa folhada não é difícil mas é demorada. Recomendamos que quando for fazer esta receita aproveite para fazer mais quantidade, repetindo a mesmo processo três vezes. A massa que sobrar pode ser congelada – mantém-se durante 4 dias no frigorífico e 6 meses no congelador. Para congelar coloque a massa já preparada em cima de uma folha de papel vegetal, enrole com a folha de papel e embrulhe em película aderente.
Para descongelar transfira a massa do congelador para o frigorifico durante a noite.

3. Acabamento da massa:
Se for uma receita que utilize ovo para dar um aspecto bonito e brilhante deverá ter em atenção que ao pincelar a massa com a gema do ovo não deve deixar escorrer pois se tal acontecer poderá colar as camadas, não deixando a massa crescer uniformemente.

Palmiers

Boa noite. Hoje também fiz Palmiers. Rapidissimo e muito fácil. Ficam muito bons.





Ingredientes:

- Uma base de massa folhada de compra ou feita na Bimby - ver aqui
- Açúcar
- Canela (opcional)
Polvilhei com a mistura de açúcar e canela da ESPIGA.

Preparação:

1. Se usar a massa já feita, estenda-a e enrole cada ponta até se unirem no meio. Corte em tiras fininhas para que fiquem estaladiços. Coloque num tabuleiro de ir ao forno forrado com papel vegetal.
Polvilhe com açúcar a gosto e canela (opcional). Leve ao forno a 200 º C até estarem douradinhos ao seu gosto.
DELICIE-SE.

2. Se optar por fazer a massa, siga a receita do link acima (onde está "ver aqui") e depois proceda do mesmo modo.


UNS CONSELHOS QUE RETIREI DO MUNDO DE RECEITAS (http://www.mundodereceitas.com/) .

1. Como cozer a massa?
A massa folhada deve ser sempre cozida em forno pré-aquecido e a uma temperatura elevada. Se o forno tiver a temperatura distribuída uniformemente, a massa também cresce da mesma forma. Caso contrário, deve ir rodando o recipiente que contem a massa folhada dentro do forno. Se o forno possuir o elemento eléctrico na parte debaixo deve cozer os seus folhados nessa prateleira. Uma vez bem cozida e folhada a massa, deve diminuir a temperatura e deixar no forno mais uns minutos para secar e ficar estaladiça.

Para verificar se a massa está pronta deve reparar se toda ela está dourada. O folhado não é sempre perfeito, podendo baixar ou não atingir a altura que imaginava. Mas, desde que bem cozido, fica sempre delicioso. O folhado deve ser consumido no próprio dia em que foi ao forno, melhor ainda servido quente, saído do forno, embora possa voltar ao forno para ser aquecido.
 2. Como guardar a massa?
A preparação da massa folhada não é difícil mas é demorada. Recomendamos que quando for fazer esta receita aproveite para fazer mais quantidade, repetindo a mesmo processo três vezes. A massa que sobrar pode ser congelada – mantém-se durante 4 dias no frigorífico e 6 meses no congelador. Para congelar coloque a massa já preparada em cima de uma folha de papel vegetal, enrole com a folha de papel e embrulhe em película aderente.
Para descongelar transfira a massa do congelador para o frigorifico durante a noite.

3. Acabamento da massa:
Se for uma receita que utilize ovo para dar um aspecto bonito e brilhante deverá ter em atenção que ao pincelar a massa com a gema do ovo não deve deixar escorrer pois se tal acontecer poderá colar as camadas, não deixando a massa crescer uniformemente.

Bolo de Arroz e Natas

Boa tarde. Uma das coisas que fiz hoje foi um bolo cuja receita encontrei aqui e adaptei à bimby, como não podia deixar de ser. Ou não fosse eu uma bimbólica.



Ingredientes:

- 3 ovos
- 400 gramas de açúcar
- 1 pacote de natas
- 200 gramas de Maizena
- 200 gramas de farinha de arroz
- 1 colher de chá bem cheia de fermento

Preparação:

No copo da Bimby deite os ovos completos e o açúcar. Bata durante 3 minutos na velocidade 3.
Depois adicione as natas e misture 15 segundos na velocidade 3.
Por fim junte as farinhas e o fermento e envolva 30 segundos na velocidade 6.
Deite numa forma daquelas de abrir bem untada com SPRAY ESPIGA (ou manteiga, se não tiver) e leve ao forno a 175 graus durante 35 a 40 minutos.

NOTA- QUANDO COMEÇA A DOURAR O BOLO EU CUBRO A FORMA COM PAPEL DE ALUMÍNIO PARA NÃO QUEIMAR.


28/08/11

Cabaz de Frutas

Boa noite. Hoje fiquei agradavelmente surpreendida quando o meu marido me trouxe uma oferta da minha sogra. Um cabaz de frutas.
Já tenho visto muitas vezes o anuncio na televisão mas sinceramente nunca me fiei muito. Pensava que eram frutas sem qualidade. Mas.... enganei-me o cabaz, além de vir muito recheado, só traz frutas boas e com bom aspecto.
Aqui ficam as fotos do belo conjunto de frutas.




- Abacaxi - 1
- Melão Branco - 1
- Melancia - 1
- Morangos - 500 gramas
- Ameixas Pretas - 1 kg
- Pêssego vermelho - 1 kg
- Laranjas - 2 kg
- Pêra Rocha - 1 kg
- Maçã Golden - 1 Kg

Que bela selecção, não acham?


24/08/11

Massa de arroz com legumes e camarão

Boa noite. Gosto muito de comida chinesa e desde que tenho a bimby faço muitas vezes cá por casa. Afinal, nos dias de hoje, em que reina uma maldição chamada crise, não nos podemos dar ao luxo de ir comer fora.
Ora então aqui vai a receita do meu jantar chinês de hoje. Espero que seja do vosso agrado.
Nesta receita usei mais um dos produtos do meu cabaz e-mercearia. A MISTURA DE 5 PIMENTAS.



Ingredientes:

- Meio pacote de massa de arroz                                         
- 1 lata pequena de cogumelos laminados
- 1 lata pequena de rebentos de soja
- 1 cenoura cortada aos palitos fininhos
- 1 lata pequena de rebentos de bambu
- 30 gramas de margarina ou de azeite
- Meio caldo de legumes
- 250 gramas de miolo de camarão
- 1 lata pequena de milho doce
- 25 gramas de molho de soja
- Mistura de 5 pimentas ESPIGA, q.b.


Preparação:

Coza a massa "al dente" (eu cozi no tacho mas pode cozer no cesto da bimby, coberta de água, temperatura 100º C, velocidade colher inversa), com uma pitada de sal. Retire da água, escorra e reserve.
No copo deitar a margarina ou o azeite e as cebolas cortadas às rodelas fininhas, a cenouras, os rebentos de soja e programar 5 minutos, temperatura varoma, colher inversa, velocidade 2.
Depois juntar os cogumelos laminados, os rebentos de bambu, o camarão, o milho, o caldo de legumes, o molho de soja e a mistura das pimentas.  Programar 8 minutos, temperatura varoma, colher inversa.



Bater natas

Para ter sucesso em bater natas na bimby, o copo tem que estar BEM SECO E LIMPO. As natas têm que estar bem frias e depois devem ter pelo menos  30% de gordura. Coloca-se a borboleta, as natas sem tempo. Começa-se a bater na velocidade  2 , para não salpicar tudo e quando começam a engrossar  aumenta-se a velocidade progressivamente até ao 4 e sem o copo medida para as natas receberem ar para poderem subir mais. Ter atenção para não passarem a manteiga.
As natas que uso habitualmente são as do Lidl.

 


 

Quadrados fofos

Mais uma receitinha em que foram utilizados dois dos produtos que a Lusitana gentilmente me ofereceu.
A farinha ESPIGA, o SPRAY (que já tinha) e a mistura de AÇÚCAR COM CANELA.
Espero que gostem.



Ingredientes:

- 600 gramas de açúcar
- 300 gramas de farinha ESPIGA sem fermento
- Sumo e raspa de 1 limão
- 5 ovos
- 125 gramas de  margarina derretida
- 2 colheres de chá de fermento

Preparação:

Pulverize a casca do limão, 15 segundos na velocidade 9. Derreta a margarina. Deite o açúcar no copo da bimby, juntamente com a margarina, os ovos e o sumo do limão, sem caroços e programe 5 minutos na velocidade 3. Adicione depois a farinha e o fermento.
Leve ao forno pré-aquecido a 180 º C em forma untada rectangular. Deixe cozer cerca de 35 minutos (vá verificando a cozedura com o palito).


NOTA: Para a próxima vou usar menos farinha pois achei que ficaram muito MASSUDOS e endureceram num instante.

Bolo de iogurte - produtos Espiga

Boa tarde. Após ter recebido ontem a minha oferta e-mercearia, comecei hoje a dar uso aos produtos. Assim, para começar, fiz um bolo de iogurte em que utilizei 2 dos produtos -a farinha ESPIGA que veio no cabaz e o  SPRAY ALIMENTAR ESPIGA que já tinha em casa e do qual sou fã.



INGREDIENTES:
- Casca de 1 limão
- 5 ovos
- 1 iogurte natural
- 110 gramas de óleo de girassol
- 400 gramas de açúcar
- 150 gramas de farinha sem fermento ESPIGA
- 1 colher de sopa de fermento em pó para bolos


PREPARAÇÃO:

Pré-aquecer o forno a 180º C.
Pulverize a casca do citrino 15 segundos na velocidade 9.
Coloque os restantes ingredientes no copo da bimby, excepto a farinha e o fermento, e misture 5 minutos na velocidade 4.
Adicione a farinha e o fermento e envolva 20 segundos na velocidade 3.
Leve ao forno em forma untada e polvilhada com farinha, ou em forma de silicone que não precisa de ser untada (a menos que queira) durante cerca de 40 minutos.


 

23/08/11

Cabaz da Lusitana (e-mercearia)

Boa noite a todos. Foi com muita honra que recebi hoje em casa o meu cabaz da e-mercearia.com . A minha oferta por fazer parte dos melhores blogues portugueses de culinária, onde fui acolhida no dia dos meus anos, em Agosto de 2011.
Foram estes, que vou mostrar, os produtos que escolhi.
À medida que os for utilizando na confecção das minhas receitas, vou mostrando os resultados.
Mais uma vez agradeço à Lusitana/Espiga.

O SACO ONDE VIERAM OS PRODUTOS:

  
O CONJUNTO COMPLETO:



O CONJUNTO DE ESPECIARIAS: Coentro e alho; Pimentão e louro; Açúcar e canela; Mistura de 5  pimentas; Piripiri

AS EMBALAGENS DE PÃO RALADO: Pão ralado clássico; Pão ralado ervas finas; Pão ralado alho e salsa


A FARINHA E O CHOCOLATE EM PÓ:  Farinha sem fermento; Chocolate em pó para culinária


O VINAGRE: Vinagre ESPIGA


E pronto, resta meter mãos à obra e utilizar todos estes fantásticos produtos.

Cartoon

DESCULPEM-ME. SEM QUE NADA TEM A VER COM CULINÁRIA MAS NÃO RESISTI MESMO.
UMA AMIGA ENVIOU-ME PARA O MAIL E EU ACHEI O MÁXIMO. ERA BOM SE FUNCIONASSE ASSIM.  AH AH AH.

22/08/11

Pão de Ló

Ingredientes:

- 7 ovos
- 250 gramas de açúcar
- 250 gramas de farinha

Preparação:

Deite todos os ovos e o açúcar no copo da bimby e misture 5 minutos, velocidade 3. No fim adicione a farinha e envolva 10 a 15 segundos na velocidade 6. Leve ao forno pré-aquecido a 180 º C, em forma bem untada, durante cerca de 35 minutos (verifique a cozedura com o teste do palito).

Últimas da Bimby

Esta noticia já é de 2010, mas vi-a aqui, por acaso, e tive que a colocar aqui.
Estava no inimigo público   não resisti mesmo a partilhar com vocês! LOLLLLLL. Espero que me desculpes e não te zangues Mónica.  Beijocas

Polícia detém 3 mil mulheres em concentração tuning de Bimbys

Por João Henrique


"O fenómeno do “Bimbing” está incontrolável em Portugal.
A Polícia Judiciária desencadeou, ontem à noite, uma acção policial para interceptar e identificar 3 mil mulheres com idades entre os 25 e os 65 anos pela prática de cozinhados ilegais numa concentração de Bimbys modificadas em Ermesinde. As Bimbys modificadas custam cerca de dez mil euros, têm uma potência 10 vezes superior ao normal, têm luzes strobe no regulador especial da velocidade, na balança incorporada e no copo de mistura e atingem velocidades de 100 mil rotações por minuto no modo Colher e no modo Espiga. “É um estrondo que não se aguenta. São piores que os motards. Colocam maçãs dentro da Bimby e começam a acelerar a fundo até saírem faíscas pela Varoma. Estas Bimbys têm um forno incorporado, uma balança que pesa com incrementos de miligramas e fazem uma tarte de maçã, arroz de frango, frango em massa folhada e bolo de iogurte em 5 segundos. É assustador”, afirmou um polícia enquanto carregava uma Bimby apreendida para oferecer à esposa."  JH
    

21/08/11

Equivalências de temperaturas


jotherm2.gif (3312 bytes)

Ora aqui fica uma tabela de equivalências de temperaturas de forno.


FORNO              GRAUS CENTÍGRADOS           TERMÓSTATO

BRANDO                        150/170º C                                   2-3

MÉDIO                            180/190º C                                   4-5

QUENTE                         200/230º C                                   6-8

MUITO QUENTE            240º C                                           9

Angel Cake

Este bolo tem uma história, segundo conta a minha mãe e da qual eu já não me lembrava. Parece que eu o comi nalgum lado e depois não descansei enquanto não se descobriu como era feito. O seu ingrediente secreto é o cremor tártaro. Mas.... naquela altura onde é que se ia arranjar este bendito ingrediente?? Finalmente a minha mãe soube que era nas farmácias e durante uma temporada lá tinha ela que o ir comprar  porque eu estava sempre a pedir para me fazer o bolo. Hoje em dia já se consegue encontrar o cremor à venda na casa dos bolos.

É um bolo que fica muito branquinho e fofinho e o meu marido, que provou há pouco tempo, já o apelidou de bolo pão de forma. Eh Eh.
Ainda não o fiz na Bimby mas aqui fica a receita já adaptada.


Ingredientes:

- 12 claras
. 350 gramas de açúcar
- 150 gramas de farinha
- 8 gramas de cremor tártaro
- 1 colher de chá de fermento

Preparação:

Colocar a borboleta na lâmina e deitar as claras no copo da bimby (partir cada ovo separadamente para verificar se estão bons para consumir, e separar a gema da clara). A regra é o copo e a borboleta da Bimby estarem bem limpos e secos, ou seja, sem qualquer vestígio de gordura. Caso contrário, as claras não crescem. Enquanto as claras estão a bater no copo com a borboleta, deve retirar o copo medida para que entre ar. É exactamente esse ar que permite que as claras cresçam (http://www.mundodereceitasbimby.com.pt/truques-e-dicas/2488/montar-claras-em-castelo.html) e 1 minuto  por cada clara, temperatura 37º C, velocidade 3 e meio. Coloque também uma pitada de sal.
Mistura-se muito suavemente a farinha, o açúcar, o cremor e o fermento, apenas com a ajuda da espátula.
Vai ao forno em forma molhada e untada a 170º C até ver que está cozido (fazendo o teste do palito).
Deixa-se arrefecer de cabeça para baixo.
Depois deita-se por cima ovos moles (opcional).

 

Sopa de tomate

Esta sopa já vem de casa da minha mãe e eu adoro. Gosto muito de lhe juntar depois de pronta ou bocadinhos de ovo cozido, ou de mexer um ovo na quantidade de sopa que vou comer, ou então de lhe juntar no prato pedacinhos de croutons.
Ingredientes:


- 1 cebola
- 1 dente de alho
- 1 batata grande ou 2 pequenas
- Sal, q.b.
- 1 colher de chá de açúcar
- Azeite, q.b.
- 1500 gramas de água
- 5 tomates frescos pequenos (também pode usar congelados)
- Um quarto de pimento verde sem sementes

 
Preparação:

Descasque as batatas, a cebola, o alho e tire a pele aos tomates e corte o pimento aos bocados. Coloque no copo da bimby com a água, o sal, o açúcar e o azeite. Programe 30 minutos, velocidade 2, temperatura 100º C.
No fim do tempo triture 40 segundos indo progressivamente até à velocidade 8.



  

Bagas de GOJI - bagas da felicidade

Olá. Ontem, uma senhora muito simpática ensinou-me umas bagas que eu desconhecia de todo e que pelo jeito têm muitas propriedades. São as Bagas de Goji (clicar no nome).
Fiquei muito curiosa em experimentar e já cá as tenho em casa. O meu marido hoje foi sair e encontrou-as nos super ALDI. Também existe no Continente mas são mais caras, assim, como no celeiro que ainda são mais dispendiosas.
Hoje, a navegar pela internet e à pesquisa, aprendi que se podem cultivar em casa e acho que vou mesmo experimentar a fazê-lo.
Podem ver aqui.

Depois digo o resultado do seu consumo.






Enrolados de atum

Ora bem, fiz ontem massa de pizza, aromatizada com salsa e temperada com o meu sal aromatizados com alho, pimenta e orégãos.
No fim de ela levedar, dividi em duas partes. Uma foi directamente para o congelador para depois fazer uma pizza e outra serviu para fazer hoje uns enrolados de atum, com um recheio inventado na hora.
Foram directamente para o  congelador, de maneira  que não sei dizer se ficaram bons ou não.

Ingredientes para a massa:

- 200 gramas água
- 50 gramas azeite
- 1 colher de chá de sal aromatizado
- 400 gramas de farinha
- 1 saqueta de fermento seco
- 1 raminho de salsa

Preparação da massa:

No copo coloque a água, o azeite, o sal e programe 1 minuto, 37ºC, velocidade 2.
Adicione a farinha, o fermento e programe 2 minutos, velocidade espiga.
Retire e deixe a massa levedar num local morno até dobrar de volume.

Ingredientes para o recheio: 

- 25 gramas de azeite
- 50 gramas de cebola
- 1 dente de alho
- 1 tomate pequeno
- 1 lata de atum, pequena
- 1 colher de chá de farinha
- Sal  e pimenta q.b.

Ingrediente adicional:

- Gema de ovo para pincelar

Preparação do recheio:

Coloque no copo da bimby o azeite, a cebola e o alho e refogue 3 minutos, temperatura 100º C, velocidade colher.
Junte depois o tomate sem pele e triture 4 segundos na velocidade 8. Junte o atum partido, a farinha e o sal e refogue 4 minutos, temperatura 100º C, velocidade 2.
Se achar que está demasiado liquido, escorra o excesso antes de rechear os enrolados.

Estique a massa com o rolo e corte às porções que vai recheando com um pouco do preparado. Pincele com gema de ovo e leve ao  forno até cozerem ou então congele assim.


Bacalhau com Béchamel

Olá. O meu almoço de hoje foi um bacalhau com molho bechamel. Estava muito bom. A receita é igual à que está no livro base da Bimby mas não leva natas no molho e leva cenoura no refogado.
Rendeu-me 3 tabuleiros de bacalhau - 2 mais pequenos e um maior.




Ingredientes:

 - Pão ralado aromatizado feito na Bimby - Fiz com pão, salsa e alho
 - 200 gramas de cebola
 - 1 cenoura média
 - 2 dentes de alho
 - 50 gramas de azeite
 - 400 gramas de bacalhau demolhado e desfiado
 - 400 gramas de batata palha
- 1 folha de louro

Ingredientes p/ o Bechamel:

 - 1000 gramas de leite (fiz 1 litro e meio, aumentando ligeiramente as outras quantidades e o tempo)
 - 100 gramas de farinha
 - 50 gramas de manteiga
 - Sal aromatizado com alho em pó, pimenta e orégãos q.b. (feito na bimby)
-  Noz-moscada q.b.

Preparação:

Faça o pão ralado, colocando o pão, a salsa e o alho na bimby e dê alguns toques de turbo, a gosto. Reserve.
Coloque no copo a cebola, os alhos, o azeite e pique 5 segundos na velocidade 5.
Refogue 5 minutos, temperatura Varoma, velocidade 1.  Retire a folha de louro.
Junte o bacalhau bem escorrido e programe 5 minutos, temperatura Varoma, velocidade colher inversa.
Coloque num pyrex alternadamente a batata, o bacalhau e com a ajuda da espátula envolva bem.
Sem lavar o copo coloque todos os ingredientes para o béchamel e programe 8 minutos, temperatura 90ºC, velocidade 4.
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Deite por cima do preparado e envolva bem com a ajuda da espátula.
Decore com o pão ralado reservado e com queijo também ralado na bimby e leve ao forno a gratinar cerca de 20 minutos.

19/08/11

Apresentação na Lusitana

"BIMBEXPRESS

Para quem gosta de cozinhar com a ajuda da bimby, este é um blogue a visitar. BIMBEXPRESS nasceu na véspera do dia da Mulher, de 2011. Após muita insistência da parte de amigos, a chefe do blogue decidiu partilhar as suas receitas fantásticas."

Este foi o texto de apresentação que fizeram ao meu blog. Podem ver na Lusitana.

Mais uma vez muito obrigada. Gostei muito.

16/08/11

Uma oferta da Lusitana

Boa noite. Hoje recebi um mail com a primeira oferta da Lusitana por fazer parte da lista dos MELHORES BLOGS DE CULINÁRIA PORTUGUESA.
Recebi a oferta de 15 euros em compras.
E já fiz a minha encomenda!!!! Depois mostro.
Obrigada LUSITANA.



aqui






15/08/11

Bolos de Arroz

Experimentei fazer estes bolinhos de arroz e não ficaram nada mal. São muito saborosos.



Ingredientes:

- Raspa de 1 limão (ou meio se for grande ou preferirem com sabor menos acentuado)
- 125 gramas de açúcar + o necessário para polvilhar
- 70 gramas de manteiga amolecida
- 3 ovos
- 150 gramas de farinha de arroz
- 50 gramas de farinha
- 1 colher de sobremesa de fermento em pó

NOTA: Só utilizei a farinha de arroz. Meti 200 gramas.

Preparação:

Coloque a casca de limão no copo da bimby e pulverize 10 segundos, velocidade 9.
Junte o açúcar, a manteiga, os ovos e programe 5 minutos, temperatura 37º C, velocidade 3.
Em seguida, junte as farinhas e o fermento e programe  10 segundos, velocidade 4. Deixe descansar 1 hora (eu não deixei).
Coloque uma forma de papel, daquelas dos queques, dentro de formas de silicone para muffins e se quiser unte-as com manteiga ou óleo em spray e polvilhe com farinha.
Distribua a massa pelas formas e polvilhe com bastante açúcar, para que fique com uma crosta de açúcar.
Leve ao forno cerca de 30 minutos a 180º. Se vir que estão a ficar queimados, baixe a temperatura.

14/08/11

Bolinhos Alex

Hoje era para fazer areias mas em vez disso sairam uns bolos diferentes. Chamei-lhe "bolinhos Alex" pois o resultado final foi bom mas em nada  tinha a ver com as famosas areias, ou "bolinhos do Peso Pesado" como lhes chama o meu filho mais novo.


Então aqui fica a receita.

Ingredientes:

- 250 gramas de manteiga meio sal, amolecida
- 100 gramas de açúcar louro
- 300 gramas de farinha

Preparação:

Deite todos os ingredientes no copo da bimby e programe 30 segundos na velocidade 6.
Faça bolinhas e leve-as ao forno pré-aquecido a 180 º C, num tabuleiro forrado com papel vegetal, durante cerca de 15 minutos.

Bolinhos de côco

Que delícia estes bolinhos. especialmente para quem é fã de coco como eu.
A receita está no antigo livro "Doces e Sobremesas" da Bimby e são uma excelente ideia para aproveitar claras.


Ingredientes:

- 5 claras
- 1 pitada de sal
- 250 gramas de coco ralado
- 200  gramas de açúcar em pó

Preparação:


Deite o açúcar no copo da bimby e pulverize 10 segundos na velocidade 9.  Encaixe a borboleta na lamina e junte as claras e o sal.  Programe 4 minutos, velocidade3,  temperatura 37 º C. Junte o coco e misture 5 segundos na velocidade 4 (ATENÇÃO - NÃO EXCEDER A VELOCIDADE 4 POIS A BORBOLETA NÃO AGUENTA MAIS VELOCIDADE).
Com uma colher de chá, faça montinhos sobre um tabuleiro forrado com papel vegetal.  untado.
Leve ao forno 20 minutos a 180 º C . Se no final deste tempo os bolinhos não estiverem dourados, aumente o forno para 210 º C durante mais 5 minutos.

Cebola picada e cortada em rodelas

Boas. Hoje foi dia dedicado em grande parte à Bimby.
Deram-me algumas cebolas e como todos sabemos esta planta herbácea apodrece com facilidade e nestes casos há que arranjar soluções para as conservar.
Por isso mesmo hoje dei-lhes dois destinos: piquei e cortei às rodelas. Depois dividi em porções adequadas, meti em sacos pequenos e congelei.
Assim, em vez de uma quantidade razoável de cebolas ir parar ao lixo, aproveitei-as e estão sempre prontas a usar. Bela ideia não?







CEBOLA PICADA - Descasquei e coloquei umas quantas cebolas no copo da bimby e pulverizei 4 segundos na velocidade 9.
Depois deitei num passador grande, que coloquei por cima de um recipiente, para escorrer o máximo de suco de cebola antes de dividir pelos sacos e congelar.

 








CEBOLA ÀS RODELAS - Descasquei umas quantas cebolas, desta vez com a ajuda do meu velhinho robot, pois uma das coisas que a bimby não faz é rodelas. Tirei a lamina, encaixei o "tubo" com o disco de corte com o lado de fazer rodelas virado para cima. Cortei-as aos bocados de tamanho suficiente para caberem na ranhura para o efeito.
Depois coloquei as rodelas num passador grande, que coloquei por cima de um recipiente, para escorrer o máximo de suco de cebola antes de dividir pelos sacos e congelar.