23/08/12

Conselhos de Cozinha muito úteis

Boa tarde pessoal. O que vos venho deixar não é uma receita mas sim um conjunto se dicas muito úteis para o dia-a-dia na cozinha.
Esta lista foi-me cedida por uma amiga - CÁTIA SANTOS - a quem eu pedi autorização para a publicar aqui e ela deu de bom grado (caso contrario jamais o faria). Obrigada Cátia.



 




Como se deve preparar a massa


Deve cozer-se a massa num recipiente alto sem tampa, utilizando sempre a regra do 1 – 10 – 100. Ou seja: 1 litro de água para 10g de sal grosso e 100g de massa.

Quando a água ferver, adicione o sal e a massa, mexendo de vez em quando com um garfo de madeira. Durante o tempo de cozedura mantenha o recipiente destapado. A massa estará no ponto ideal “al dente” quando estiver cozida por fora e ligeiramente dura por dentro.
 
O tempo de cozedura depende do formato de cada massa. Uma vez cozida, escorra a massa num passador. Só deverá passar por água fria no caso de preparar saladas.



Ingredientes e preparação


Alho



Separe os dentes de alho, coloque-os sobre uma tábua de cozinha e esmague-os com uma faca larga. Depois disso serão mais fáceis de pelar.

O alho é indicado para a preparação dos mais variados pratos. O seu hálito intenso desaparece mastigando hortelã ou um grão de café. Para eliminar o seu odor das mãos, basta esfregá-las com salsa e depois lavá-las bem.



 Amêijoas

Lave previamente as amêijoas num recipiente grande, com água fria e sal. Mantenha de

molho por 3 horas (se possível no frigorífico). Depois, passe-as por água fria mais 2 ou 3 vezes.


Azeite



O azeite é a mais saborosa e saudável gordura para temperar e cozinhar massas.

Fica ainda mais saboroso e aromático se se colocar dentro da garrafa alguns dentes de alho lascados, ou até ervas aromáticas, que deverão permanecer em maceração durante cerca de um mês.

 
Camarões


É mais fácil descascar os camarões enquanto ainda estão meio congelados.


 
Cebola


A cebola é indispensável nos refogados mas não deve alourar demais, para não ficar amarga. Para tal e para fazer o refogado a cebola estará no ponto quando começar a ficar transparente.



Especiarias e ervas aromáticas


As especiarias e as ervas aromáticas são um óptimo complemento para todos os pratos de massa. Por vezes, substituem o sal.



 Limão
Para obter o máximo de sumo de um limão, antes de o espremer, esfregue-o sobre a

bancada da cozinha, fazendo uma ligeira pressão com a palma da mão. De seguida, coloque-o no microondas durante 20 a 30 segundos.
 

Ovos cozidos


Depois de cozidos, passe os ovos imediatamente por água fria, será mais fácil descascá-los.


Queijo


Os melhores queijos para acompanhar as massas são o parmesão e o mozarella. Devem

ralar-se só na altura de servir.



Tomate


O tomate pela-se mais facilmente se lhe fizer um corte em forma de cruz e depois o mergulhar em água a ferver durante alguns segundos. Se estiver congelado, a pele solta-se imediatamente se for passada por um jacto de água.


Equivalências


1 chávena de açúcar = 210 g

1 chávena de arroz = 180 g

1 chávena de farinha = 100 g

1 chávena de manteiga/margarina = 180 g

1 chávena = 2 dl = 12 colheres de sopa

1 copo de água = 2 dl = 12 colheres de sopa

1 copo de vinho = 1 dl = 6 colheres de sopa

1 cálice = 0,5 dl = 3 colheres de sopa



1 colher de sopa pesa:


Açúcar - 10 g

Água/leite - 15 g

Arroz - 15 g

Cacau - 8 g

Farinha -7 g

Azeite/óleo - 12 g

Manteiga/margarina - 15 g

Fécula de batata/maisena - 13 a 15 g

Sal - 15 g


Quantidades aproximadas por pessoa


Massa


Para sopa = 35 g

Seca = 100 g

Fresca = 150 g


Arroz


Para sopa = 50 g

Branco/simples = 100 g


Legumes


Secos = 100 g


Carne

Estufada = 200 g

Assada = 150 g

Aves = 200 g


Peixes

Peixe = 200 g

Marisco = 300 g

 
Temperos e ervas aromáticas


 
As ervas aromáticas são uma forma saudável de temperar qualquer prato, mas tenha a

certeza que as lavou convenientemente. De seguida, enxugue-as em papel de cozinha (absorve toda a água em excesso). Retire-lhe os talos maiores e pique
fina ou grosseiramente a seu gosto.
 




Alho
 
Pode ser utilizado fresco, seco (desidratado) ou congelado. É um dos principais temperos da cozinha portuguesa e muito usado na confecção de pratos de massas.



Alecrim

Fresco ou seco, é muito apreciado em pratos de carne (em particular caça). Os ramos

também são usados como espetos para grelhar carnes, uma vez que depois de retiradas as folhas dão um sabor muito característico.



Canela

Em pó ou em pau, proporciona um sabor quente e ligeiramente adocicado. É mais

utilizada em sobremesas e doçaria mas também pode ser um excelente complemento

para pratos salgados, nomeadamente na cozinha oriental.



  
Caril

O caril resulta da mistura de várias especiarias e pode ser mais ou menos picante. Ao temperar com caril, pode-se esperar um sabor forte e exótico. Ideal para dar um toque oriental a vários pratos de peixe, marisco ou carnes.


Cebolinho


Pode ser encontrado fresco, congelado ou seco, tem um sabor fresco que combina cebola e alho francês. Excelente como complemento de massas, saladas e outros pratos. NÃO DEVE SER COZINHADO PARA NÃO PERDER SABOR.


Coentros


Em grão, frescos e congelados, devem ser adicionados ao prato apenas no final de modo a não perderem o aroma e a sua cor fresca.


Colorau (ou Pimentão Doce)

Resulta da moagem fina da polpa seca do pimento doce vermelho. Ideal para utilizar em estufados, assados e guisados.


Cravinho

Tem um sabor intenso e pode até chegar a ser ligeiramente picante. É utilizado principalmente em receitas de carnes (especialmente caça) e algumas sobremesas e pastelaria.


Endro


Fresco ou seco, é ideal para aromatizar sopas e molhos. Em fresco, o endro realça o

sabor de saladas e legumes, principalmente se for adicionado no último momento da preparação.



Estragão

De sabor forte mas subtil, é muito utilizado em aves, peixe, molhos e ovos. É também

ideal como tempero em saladas. 


Funcho

Esta planta deu nome ao Funchal. As suas folhas e caule proporcionam um sabor

ligeiramente adocicado. Serve de guarnição para pratos de legumes e peixe.




Gengibre


De sabor forte e exótico, o gengibre contém vários utrientes benéficos à saúde, como vitaminas C, B3 e B6. Contém ainda manganésio, nutriente que exerce uma acção anti-oxidante no organismo.



Hortelã
 
Deve ser utilizada fresca, pois é assim que emana o sabor mais refrescante. Muito utilizada em receitas com borrego.

  
Louro

Pode ser encontrado em folha ou em pó (sempre seco). É o tempero ideal para assados,

estufados, guisados e marinadas.




Manjericão

De sabor ligeiramente apimentado é uma opção aos orégãos em molhos para massas,

saladas e como complemento a pratos de massas.


Manjerona

Semelhante aos orégãos, mas com um sabor mais ligeiro, é adocicada. Deve ser adicionada na confecção pouco antes de servir, de modo a não perder o seu sabor delicado durante os cozinhados mais longos.


Mostarda


Os 2 tipos de mostarda mais conhecidos são Dijon e Inglesa. No entanto é também
possível encontrá-la sob a sua forma mais pura: em grão. Por isso pode ser usada como condimento ou ingrediente de várias receitas.



Noz Moscada


 
Em grão, seca ou moída, é muito utilizada para aromatizar puré de batata, molho béchamel e recheios.



Orégãos



Secos ou frescos, estes últimos proporcionam um sabor mais forte e fresco. Muito

utilizados em molhos para massas (à base de tomate), pizzas e saladas.



Pimenta

Proporciona um sabor quente aos mais variados pratos, em grão ou moída (especialmente saborosa se for moída na altura da utilização na receita). A pimenta pode ser:
branca, preta, verde, rosa ou mistura de várias pimentas. Apenas a pimenta verde é vendida fresca ou em conserva.


Piripiri

Em malaguetas, secas, frescas ou em pó. São as sementes do piripiri que dão um sabor picante e quente às receitas.


Salsa


Pode ser encontrada seca, congelada ou fresca, sendo utilizada em inúmeros pratos, como complemento ou mesmo decoração.


Tomilho

Ideal para pratos de carne (nomeadamente porco), massas, legumes ou peixe, perfuma

suavemente e proporciona um sabor inconfundível.


 
Dicas na cozinha

Alho

Depois de cortar alho, fica sempre um cheiro desagradável nas mãos. Para que tal não

aconteça, esfregue as mãos com café moído e lave-as de seguida com água e detergen-te. Também pode passar os dedos pela lâmina da faca e passar as mãos por água fria.



Amêijoas


Para retirar por completo a areia no interior das amêijoas, mergulhe-as de véspera num pouco de água (sem cobrir totalmente) com sal. Polvilhe com farinha e reserve até ao dia seguinte antes de as confeccionar.


Amêndoas


Existe uma forma muito fácil de pelar as amêndoas: deixe-as durante algum tempo de

molho em água a ferver e, de seguida, esprema-as com os dedos. Se desejar que fiquem mais claras, passe-as por água fria e enxugue-as com um pano.


Azeite

De entre todas as gorduras, o azeite é o mais saudável e deve ser sempre muito fino.



Bacalhau desfiado

Para desfiar facilmente o bacalhau, faça o seguinte: coza-o, retire-lhe as espinhas e peles e coloque-o num pano grosso. Depois, esfregue o pano e verá que o bacalhau ficará em fios finos, bem desfiado.


Bacalhau muito salgado

Recupere bacalhau que esteja muito salgado, fervendo-o com uma colher de sobremesa de farinha de trigo, pois esta absorverá o excesso de sal.


Batatas

Para guardar as batatas durante mais tempo, não as lave com água pois grelam mais fácilmente e podem apodrecer. Basta escová-las e guardar em local seco e fresco, abri-gadas da luz solar.

Brócolos

Os brócolos e couve-flor exigem uma limpeza mais cuidada e por isso deverá mergulhá-los durante alguns minutos em água salgada.


Café
Para dar um sabor especial ao café, experimente adicionar uma colher pequena de cho-colate em pó.


Caldos da Cozedura

Para tornar outros pratos mais saborosos, aproveite os caldos de cozedura de legumes, carnes e peixe para utilizar posteriormente.


Espinafres

Para que os espinafres mantenham a cor verde original, mergulhe-os de imediato em

água fria depois da cozedura.



Feijão
Para que o feijão fique mais macio, adicione algumas gotas de azeite à água enquanto

coze.



Ovos

Sempre que desconfiar que os ovos não são frescos, rejeite-os. Para verificar a sua fres-cura certifique-se que não acontece uma das seguintes situações:

- Ao partir o ovo, a gema estala e mistura-se à clara;

- Ao agitar o ovo junto ao ouvido ouve um chocalho;

- Ao introduzir um ovo cru em água salgada ele flutua (se for ao fundo é porque é fresco e se ficar a meio da água é porque já tem vários dias).


Ovos cozidos

Há uma forma fácil de descascar os ovos: depois de cozidos, mergulhe-os em água fria durante uns instantes. Para que não rebentem durante a cozedura, acrescente umas gotas de vinagre à água de cozedura.


Ovos fritos

Para que a gordura não salpique enquanto frita os ovos, junte um pouco de farinha ao

azeite.



Pão

Pode conservar o pão fresco durante 2 dias, guardando-o no frigorífico envolvido em

papel pardo e numa folha de papel de alumínio. Se tiver restos de pão duro, aproveite-os para utilizar em panados: torre ligeiramente e rale os pedaços.



Sopas

Se durante a confecção da sopa vir que tem muita gordura, deixe que ela se acumule à superfície e retire o excesso com uma colher ou escumadeira.


Tomate

Para retirar ou aligeirar a acidez do molho de tomate, acrescente-lhe uma pitada de açú-car durante a confecção.


Sal

Se colocou sal a mais na comida,deite algumas gotas de limão e deixe ferver um pouco.


  
Truques para limpeza


Existem alguns truques muito úteis para a limpeza e manutenção de utensílios de cozi-nha bem como de electrodomésticos. Fique com alguns:


Cheiros:

- A fritos

Sabemos que os fritos deixam sempre muito cheiro em casa, mas se juntar um ramo de

salsa assim que o óleo começa a aquecer vai ver que o cheiro é menos intenso.


- No frigorífico

Para se livrar de alguns cheiros fortes dentro do frigorífico, utilize cascas de ovos uma vez que são porosas e absorvem com facilidade os cheiros. Também pode limpar o fri-gorífico com bicarbonato de sódio diluído num pouco de água.
Experimente também colocar uma chávena cheia de leite no frigorífico.


Limpar:


- O congelador

É obrigatório descongelar e limpar o seu congelador pelo menos uma vez por ano.

Depois de retirado todo o gelo, limpe-o muito bem com um pano limpo ligeiramente embebido em água com bicarbonato de sódio e seque-o com outro pano.



- O microondas

Coloque um copo de água com um pouco de sumo de limão dentro do microondas e ligue na potência máxima durante 1 minuto. De seguida passe um pano seco e está limpo.


-  As tábuas de cozinha

Deverá sempre preferir tábuas de plástico, pois as de madeira têm tendência para reter

cheiros e sabores e são menos higiénicas. As tábuas de plástico podem ser lavadas facilmente com água e detergente de loiça.


- Nódoas de gordura

Coloque pó de talco sobre a nódoa, espere um pouco e escove.


 - Nódoas de vinho tinto

Esfregue a nódoa com sumo de limão e lave normalmente de seguida.


 - Nódoas de óleo em tecidos

Deite um pouco de detergente da loiça por cima da nódoa, esfregue e lave de seguida.

Repita esta operação até que a nódoa saia completamente.



- Panelas com o fundo queimado

Leve a ferver um pouco de água misturada com bicarbonato de sódio e verá que será

mais fácil limpar a panela.


- Pastilha elástica

Para retirar pastilha elástica dos tecidos, coloque gelo até enrijecer e depois disso ela sairá facilmente. No caso dos tapetes deverá usar acetona.


- O vinagre


O vinagre é o melhor antibacteriano que pode usar e muito em conta. Por exemplo,
pode limpar várias zonas da sua cozinha com vinagre; o frigorífico, o lava-loiças, etc. Mas atenção, não utilize o vinagre sobre mármores pois o ácido corrói as pedras.


Truques úteis


Alho

Regra geral, o alho causa um hálito desagradável e por isso muitas pessoas evitam

comer. Para evitar esses problemas, experimente cortar o alho ao meio e retirar a parte central (normalmente de cor esverdeada).


Assados

Para que um assado fique realmente saboroso e bem cozinhado, deverá ser preparado

com alguma antecedência e deixar que a cozedura no forno seja lenta, de forma a man-ter todos os sabores dos ingredientes. Aconselha-se por isso que para fazer um bom assado conte com cerca de 3 horas.



Batatas Fritas

Coloque as batatas já cortadas no frigorífico cerca de meia hora antes de fritar, para

que fiquem mais secas e macias depois de fritas.



Café

O café moído é ideal para lavar galheteiros.

Cebola

Para evitar chorar enquanto corta as cebolas, descasque-as e corte-as ao meio e coloque-as num recipiente com água durante 2 a 3 minutos antes de as cortar.

Fornos

Se deixar aquecer demasiado o forno, coloque um tacho com água fria e verá que

arrefecerá o suficiente para colocar o seu prato a confeccionar sem correr o risco de queimar.



Fritar Batatas

Antes de fritar as batatas, passe-as por um pano seco para retirar o excesso de água e verá que ficarão mais sequinhas e fritam mais depressa.


Legumes

Antes de lavar os legumes, deixe-os mergulhados em água com um pouco de sal e vinagre durante cerca de 10 minutos, pois assim garante que quaisquer organismos saem e depois é só lavar com água.


Natas

Para conservar as natas depois de abertas durante alguns dias, despeje o conteúdo do

pacote num frasco de vidro com tampa de plástico, limpo e completamente enxuto e guarde no frigorífico.


Película aderente

Por vezes é difícil manter a película aderente esticada quando tenta tapar um recipiente. Se guardar o rolo de película no frigorífico vai ver que será mais fácil.


Pimenta

Se colocar demasiada pimenta na comida, adicione uma colher de chá de açúcar para

cortar o sabor.


Queijos

Para os queijos com tendência para endurecer, pode evitar que aconteça ao passar man-teiga na parte cortada.


Sal

Para evitar a humidade nos saleiros com sal fino, seque alguns bagos de arroz ao sol

e coloque no saleiro. O arroz absorve a humidade própria do sal.


Salsa

Para conservar a salsa fresca durante mais tempo (até 3 semanas), lave e escorra bem, coloque num recipiente de vidro tapado e guarde no frigorífico.


Vinho

Para refrescar uma garrafa de vinho mais rapidamente, envolva-a num pano de flanela

molhado com água gelada.


Fonte: Nacional



 

Queijito

Olá, esta receita é de um livro espanhol da Thermomix (nome da nossa Bimby em Espanha). É delicioso. Não façam é como eu, que fiz duas asneiras: usei uma forma de silicone que não prestava e já teve o destino traçado (LIXO) e desenformei a iguaria ainda quente. O desastroso resultado foi este da foto:


Ingredientes:

- 370 gramas de leite condensado Nestlé normal
- 370 gramas de leite gordo ou meio gordo
- 6 gemas de ovos
- 100 gramas de caramelo liquido para barrar a forma (Fiz o caramelo na Bimby)
- 800 gramas de água

 
Preparação:

Cubra o fundo e as paredes de uma forma de alumínio com 1 litro de capacidade. Reserve.
Deite no copo da Bimby, o leite, o leite condensado e as gemas e misture 10 segundos na velocidade 3,5.
Deite a mistura na forma e feche ou com a tampa da forma – se tiver – ou com papel de alumínio. Cubra com 4 folhas de papel de cozinha ou um pano limpo e meta a forma dentro da varoma.
No copo da Bimby deite a água , tape, coloque a varoma com a forma dentro e programe 45 minutos, temperatura varoma, velocidade 2..
Verifique se está cozido, espetando um palito que deve sair seco. Caso ainda não esteja, programe mais uns minutos à mesma temperatura e velocidade.
Deixe arrefecer dentro da forma e desenforme. Decore a gosto.

Iogurtes Gregos de Amêndoa

Olá boa tarde. tenho andado um pouco ausente do blog e peço desculpas por isso. Afinal uma boa blogueira é assídua. Mas pronto, nem sempre se consegue fazer tudo o que se planeia, não é verdade?
Quantas vezes não penso: "amanhã vou fazer isto, aquilo e ainda mais qualquer coisa", e afinal acabo por não fazer nada do que planeei.
Certamente com vocês acontece o mesmo não é? Pronto, já estou mais descansada!!
Venho hoje publicar, para começar,  uma receita de iogurtes.
 


 
 
 
 
 






Ingredientes :

- 1 litro de leite gordo
- 40 gramas de açúcar
- 40 gramas de leite em pó

- 1 iogurte grego açucarado

- 10 gramas de essência de amêndoa

- Amêndoas com pele, q. b.

- Mel, q.b.


Preparação:

Deitar no copo da bimby o leite, o açúcar e o leite em pó e programar 4 minutos, temperatura 50, velocidade 4. Findo o tempo, juntar o iogurte e a essência e misturar 15 segundos na velocidade 4.
Abafar bem a bimby e deixar assim durante 8 a 10 horas.
Esterilizar os frascos, ou os copos de iogurte,  e deitar no fundo de cada um a quantidade desejada de mel e de amêndoas.
Deitar a mistura anterior nos mesmos e tapar. Levar ao frigorífico, pelo menos 4 horas antes de consumir.

16/08/12

Medalhões de porco Satay

aquiOlá boa noite. E, hoje para o jantar saiu uma receita nova. Ou melhor, a novidade está no molho, pois a carne resume-se a um belo lombinho de porco cortado às fatias grossas e grelhado.
A receita original é do JAMIE OLIVER.
Como não podia deixar de ser, fiz o molho na bimby. :)
Optei por servir o molho à parte pois cá em casa habitam três esquisitos em comida.
Gostei!!!!

Ingredientes:

- 4 medalhões de porco (ou 1 lombinho cortado em fatias grossas)
- 50 gramas de manteiga de amendoim (ver receita aqui ou de compra)
- 120 gramas de leite de coco
- 1 colher de chá mal cheia de colorau
- 1 colher de chá de água
- 1 pedaço de caldo knorr natura de peixe + 1 colher de chá de água
- Cilantros ou coentros picados (não tinha nem um nem outro)

Preparação:

Aqueça muito bem a grelha e grelhe a carne. Enquanto isso prepare no molho, juntando todos os ingredientes no copo da bimby, 10 segundos velocidade 4. Com a ajuda da espátula, baixe o que ficou  nas paredes do copo e programe 1 minuto e meio, temperatura 100º C, velocidade 2.
Deite o molho por cima da carne grelhada e polvilhe com as ervas aromáticas.
Acompanhe com um arroz branco ou com um puré de batata, por exemplo.
Bom apetite!!!!

13/08/12

Prendas de aniversário e um LINDO BOLO

Bem, no dia 11 deste mês, fiz 42 anos. Ui.... 42.... até doi.
Mas, é bom sinal. Significa que estou viva.
Recebi muitas mensagens de parabéns no meu mural do facebook, alguns telefonemas e mensagens no telemóvel e algumas prendas, mas sobretudo, passei um belo dia ao pé da minha família que são quem gosta de mim verdadeiramente :).

Eis as minhas prendas:

Da minha irmã
 E o bolo de anos

Dos meus sobrinhos

Do meu marido

Dos meus filhos

Da amiga Brizida


Da amiga Ana Rivera


Da amiga Anabela Canha

Do amigo Armac


Dos meus pais - uma delas


 
Dos meus pais - a outra - , do meu avô materno e da minha tia, não posso mostrar aqui!! :)

E este foi o meu bolo feito pela minha irmã e que eu adorei:








Foi a minha vez!!!!!!!. Ganhei, ganhei!!!!!

Olá olá. Pois é, soube no dia 8 que ganhei o passatempo da Nestlé/Bimby. Vou receber um belo cabaz de produtos Nestlé cujo valor ronda os 107 euros. :)

Já não esperava nada vencer esta fase pois pensei que já tinham contactado o vencedor. Afinal, a minha irmã ganhou no mês anterior e foi avisada lá pelo dia 20.

Fui a vencedora do 4ºMês - Receitas recepcionadas entre 09 de Junho e 09 de Julho de 2012.
O passatempo consiste em preparar uma RECEITA original que envolva pelo menos uma das variedades de Leite Condensado NESTLÉ (Tradicional, Magro, Cozido e / ou Chocolate) ou Chocolate para Culinária NESTLÉ na sua preparação.


OBRIGADA NESTLÉ E BIMBY PORTUGAL.
    

09/08/12

Pizzas para o jantar

Boa tarde. Hoje foi dia de fazer pizza para o jantar e pela segunda vez a massa eleita veio do blog no soup.
Apenas acrescentei mais farinha pois acho que a massa fica um pouco dificil de trabalhar apenas com a quantidade mencionada na receita original.



Ingredientes:

- 140 gramas de água
- 140 gramas de leite
- 1 colher chá de alho em pó
- 2 colheres de chá de queijo parmesão
- 2 colheres de sopa de azeite
- 1 colher de chá de sal
- 1 colher de sopa de açúcar
- 450 gramas de farinha tipo 65
- 1 cubo de fermento fresco de padeiro ou 2 colheres chá de fermento seco


Preparação:

Deite no copo a água, o leite, o alho, o azeite, o queijo, o açúcar e o sal: 1 minuto, temperatura 37º, velocidade 2.
Adicione a farinha e o fermento: 20 segundos, velocidade 6 e depois 2 minutos, no modo espiga.
Deixe a massa no copo a levedar.

Recheie a gosto.









Tarte de Sintra

Resolvi fazer as queijadas de Sintra em forma de uma tarte. Fica muito boa e é muito simples de fazer.

Ingredientes:

- 1 base de massa quebrada (ou fazer a receita do livro base)
- 400 gramas de açúcar
- 5 queijos frescos pequenos
- 5 gemas
- 60 gramas de  farinha
- 1 colher de sopa de canela
- 1 colher de chá de fermento em pó para bolos
- Manteiga q.b.


Preparação:

Forrar uma tarteira com  a massa quebrada e picar a massa com um garfo.
No copo da bimby colocar o  açúcar e as gemas e misturar 4 minutos na velocidade 3. Juntar os queijos frescos e triturar 1 minuto na velocidade 4 . Juntar a farinha, fermento e canela e voltar a triturar na mesma velocidade durante 30 segundos (até ficar homogéneo).
Deitar a mistura sobre a massa e levar ao forno pré-aquecido a 180 graus durante 45 a 60 minutos (ir verificando a cozedura).

Licor de Morango

Boa noite. Esta receita foi retirada de uma revista Momentos de Partilha nº 18. É delicioso.


Ingredientes:
 - 350 gramas de morangos, cortados em bocados
 - 170 gramas de açúcar
- 20 gramas de açúcar baunilhado
-  300 gramas de aguardente
- 100 gramas de água
 Preparação:
Coloque os morangos, os açúcares, a aguardente e a água e programe 7 minutos, temperatura 60º C, velocidade 2 . Retire e deixe arrefecer 2 horas.
Coe o licor com a ajuda de um passador de rede fina e guarde-o numa garrafa previamente esterilizada.

Nota: Pode utilizar os morangos congelados mas nesse caso acrescente mais 7 minutos ao tempo indicado na receita. Os morangos que ficarem no passador podem ser aproveitados para fazer uma compota

Licor de Pêssego

Boa noite. E saiu mais um licorzito. Desta vez foi de pêssego.

Ingredientes:

- 350 gramas de pêssegos, cortados em bocados
-170 gramas de açúcar
- 20 gramas de açúcar baunilhado
- 300 gramas de aguardente
- 100 gramas de água

Preparação:

Coloque os pêssegos, os açúcares, a aguardente e a água e programe 7 minutos, temperatura 60º C, velocidade 2 .Retire e deixe arrefecer 2 horas.
Coe o licor com a ajuda de um passador de rede fina e guarde-o numa garrafa previamente esterilizada.

Nota: Pode utilizar os pêssegos congelados mas nesse caso acrescente mais 7 minutos ao tempo indicado na receita. Os pêssegos que ficarem no passador podem ser aproveitados para fazer uma compota

Biscoitos Escaldados (A minha foto ganhou).

Boa tarde. Houve mais um passatempo da Bimby ao qual concorri. Este consistia na elaboração de uma receita da Revista Momentos de Partilha de Abril de 2012.
Eu escolhi participar com os Biscoitos Escaldados.
E.... fui uma das 20 vencedoras contempladas com o livro "Do Convento para a Bimby".
Esta foi a foto e a rima - era obrigatório um comentário.


 Apesar de estar dividida
Biscoitos escaldados
... Foi a receita escolhida
Quais os afortunados

Que os puderam provar?
Foram os meus rebentos
E nem foi preciso amassar
Eles mandam cumprimentos

A quem os partilhou
E que num momento
Os bimbou e testou
Um verdadeiro alento

De comer e não parar
Deixam sem argumento
Quem se recusa a bimbar
Por falta de conhecimento

Tarte Gelada de natas e leite condensado

Olá.
Aqui está uma sugestão fresquinha para os dias de calor.




Ingredientes:

- 150 gramas de bolacha torrada (ou outra qualquer)
- 500 gramas de natas com o mínimo de 35% de gordura - bem fria
- 1 lata pequena de leite condensado

Preparação:

Triture as bolachas 10 segundos na velocidade 7. Reserve.
Bata as natas, deitando-as no copo da bimby devidamente limpo e programe na velocidade 3,5 SEM TEMPO (ir controlando através do bucal e até obter a consistência desejada) - as minhas demoraram 3 minutos.
Incorpore o leite condensado e misture 5 segundos na velocidade 2,5.
Numa forma de fundo amovível, com 20 cm de diâmetro, coloque uma camada de bolacha, depois uma da mistura, o resto das bolachas e finalize com a restante mistura.
Leve 10 minutos ao frigorífico e depois transfira para o congelador até ao momento de servir.
Desenforme e decore a gosto.

07/08/12

Ameijoas à Bulhão Pato

Boa tarde. Hoje tinha um peixe vermelho já cozido e pronto a desfiar, para fazer um soufflé, quando, por acaso, o meu marido franziu o nariz e soltou um "peixe???", com um ar muito enjoado.
Fui então "obrigada" a escolher outra coisa para jantarmos e então lembrei-me de fazer umas ameijoas (nunca tinha feito na nossa amiga bimby).
Assei também um chouriço picante e aqueci umas salsichas de lata para os meus filhos, pois foi o que eles escolheram.
E pronto, o jantar mais elaborado transformou-se num belo petisco. :)
Para beber vai ser um vinho branco frisante bem fresquinho e depois.... depois logo se vê em que condições fico.

 
Ingredientes:

- 1 kilo de ameijoas
- 150 gramas de azeite
- 6 dentes de alho
100 gramas de vinho branco
- Sal e  mistura de 5 pimentas da ESPIGA q.b.
- 1 malagueta pequena
- Salsa ou coentros p/ polvilhar
- Sumo de 1 limão
Preparação:
Coloque as amêijoas na Varoma.
No copo deite os alhos e pique 6 segundos na velocidade 6. Junte o azeite, o vinho branco, o sal, a mistura das 5 pimentas e a malagueta. Feche a tampa e coloque por cima a Varoma com as amêijoas. Programe 30 minutos, temperatura Varoma, velocidade 1.
Quando terminar o tempo, verifique que estão bem abertas e deite  num recipiente fundo.
Polvilhe com salsa ou coentros picados e regue com o molho que está no copo e com sumo de limão.