20/02/14

Sopa da pedra - Aproveitamento de cozido à portuguesa

Ontem houve Cozido à Portuguesa para o jantar, hoje houve sopa da Pedra para o almoço - mais uma comida leve. 
Fi-la para aproveitar o resto do cozido e utilizei a água de cozer as batatas, cenoura e couve, que guardei já a pensar na sopita. 
O que fiz foi levar o tacho onde tinha guardado os legumes e a água ao lume com uma cebola descascada e partida ao  meio que deixei cozer. 
Descasquei 3 batatas que parti aos pedaços e levei a cozer em água fervente com sal.
Juntei depois ao caldo dos legumes 1 lata de feijão encarnado cozido (reservei um terço  de feijão), com o liquido dele, deixei apurar um pouco e passei tudo com a varinha mágica.
Para retirar as peles de feijão que ainda ficaram, passei tudo por um passador de rede fina para outro tacho.
Tornei a levar ao lume, com um pouco de azeite, e deixei ferver um pouco.
Juntei depois ao caldo (que por acaso não necessitou nem de mais água nem de sal, mas podia ter precisado), as carnes cortadas em pedaços, os pedaços de  batatas cozidas, os enchidos e a couve partida em bocados.
Deixei levantar fervura.
E... já está. Uma bela sopita. 


2 comentários:

  1. Eu adoro esta sopa e agora no inverno sabe mesmo bem!!
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  2. adoro a sopa da pedra, a unica que me satisfaz plenamente

    ResponderEliminar

Sejam bem vindos ao meu blog. Espero que gostem. Comentários e opiniões são bem vindos. Serão moderados e responderei assim que possível.
Obrigada
Alexandra