26/11/15

Tarte de maçã

A receita desta tarde de maçã vem no livro "As Receitas Essenciais" da Bimby.
Tinha ali umas maçãs a ficarem velhotas e resolvi dar-lhes uso.



Ingredientes:

- 6 maçãs
- Sumo de 1 limão
- 1 ovo
- 2 gemas
- 150 gramas de açúcar
- 130 gramas de manteiga
- 10 gramas de vinho do porto ou brandy
- 170 gramas farinha
- 2.5 colheres de chá de fermento para bolos
- 1 pitada de sal
- Açúcar em pó, q.b. para polvilhar


Preparação Bimby:

Pré-aqueça o forno a 180°C.
Descasque as maçãs, corte-as em quartos e de seguida lamine-as finamente sem chegar até a baixo, regue com o sumo do limão e reserve.
Coloque no copo o ovo, as gemas e o açúcar e programe 2 minutos, temperatura 37° C na /velocidade 4.
Adicione a manteiga e o vinho do Porto e misture 6 segundos na velocidade 4.
Adicione a farinha, o fermento e o sal e programe 15 segundos na velocidade 3. Deite numa forma de fundo removível, untada, coloque em cima os quartos da maçã laminada uns ao lado dos outros, com a parte cortada para cima.

Leve ao forno cerca de 30 minutos. Pique com um palito ao centro. Se sair limpo é porque está cozido. Retire do forno, deixe arrefecer, desenforme e polvilhe com açúcar em pó através de um passador.


Preparação Tradicional:

Pré-aqueça o forno a 180°C.
Descasque as maçãs, corte-as em quartos e de seguida lamine-as finamente sem chegar até a baixo, regue com o sumo do limão e reserve.
Coloque numa taça o ovo, as gemas e o açúcar e bata com a batedeira  2 minutos,na velocidade média até fazer um creme.
Adicione a manteiga e o vinho do Porto e misture. 
Adicione a farinha, o fermento e o sal e envolva muito bem.
Deite numa forma de fundo removível, untada, coloque em cima os quartos da maçã laminada uns ao lado dos outros, com a parte cortada para cima.

Leve ao forno cerca de 30 minutos. Pique com um palito ao centro. Se sair limpo é porque está cozido. Retire do forno, deixe arrefecer, desenforme e polvilhe com açúcar em pó através de um passador.


NOTAS: 
1 -  Como usei a mandolina V3 com a placa de rodelas finas colocada, apenas necessitei de 3 maçãs pois consegui obter fatias fininhas. 

2 - Em vez de cortar as maçãs aos quartos, optei por cortar em metades para ser mais fácil fatiá-las com a V3.

3 - Não dispus a fruta ao alto mas sim deitada de modo a cobrir toda a superfície da massa. 


4 comentários:

  1. Adoro tartes de maçã sejam elas como forem! Com natas, sem natas, com canela! adoro! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. que linda que ficou! deve ser uma verdadeira delícia!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Sejam bem vindos ao meu blog. Espero que gostem. Comentários e opiniões são bem vindos. Serão moderados e responderei assim que possível.
Obrigada
Alexandra