29/06/15

Bolo de torta e gelado (Swiss roll bowl cake)

Já tinha feito este bolo gelado, receita da Lorraine Pascale. Tornei a fazer pois é simples, prático, delicioso e refrescante.



Ingredientes:


- 2 tortas a gosto (usei 1 com cobertura de cacau e 1 com recheio de cacau) 
- 2 colheres de sopa de um licor a gosto (usei Limoncello caseiro)
- 1 caixa de gelado de nata de 1 litro


Preparação:

Forre uma taça com película transparente. Reserve.
Corte as tortas em fatias com cerca de 1cm de largura.
Forre a taça com as fatias e preencha os espaços vazios com os bocados de torta que tenham sobrado.

Com um pincel, passe com o licor em todas as fatias de torta.
Deite o gelado no centro da taça. Leve ao congelador durante algumas horas até que o gelado fique firme ou de um dia para o outro.
Na altura de servir, vire a taça para um prato e com a ajuda da película transparente, desenforme.

Nota - Se tiver dificuldades em desenformar aqueça um pouco a taça com as mãos ou passe-a por água.


A taça que utilizei levou quase 2 litros de gelado, por isso utilizei 2 sabores diferentes, ficando preenchido até quase ao topo da taça com gelado de nata e depois uma camada de gelado de morango. Ficou um efeito muito bonito. 

24/06/15

Bolo de Chocolate

Boa tarde. O meu filho Pedro faz hoje 10 anos. Como o tempo passa. 

Estavas com pressa de vir conhecer o mundo, e após te termos conseguido manter dentro da minha barriga mais uns tempos, resolveste nascer às 35 semanas e 2 dias. Tão pequenino; tão frágil.
Amo-te muito meu Pedro . 

Que a tua vida seja repleta de felicidade e que continues sempre bem disposto e feliz. 
Mil beijos e PARABÉNS!!!!!
Para lhe cantarmos os parabéns e ele apagar as velinhas (o lanche familiar será só no Domingo), fiz-lhe um bolo de chocolate cuja receita é de um livro espanhol da Thermomix.

Não vos mostro a fotografia pois das duas uma, ou eu já não sei fazer bolos, ou o meu forno já não presta e está prestes a ir pela janela fora :(  Este bolo partiu-se todo. 
Mas porquê??? Nos dias especiais é que isto tem que acontecer!!!! 


Ingredientes:

- 100 gramas de chocolate de culinária (usei 50 gramas de negro e 50 gramas de leite da Sodifer)
- 160 gramas de margarina ou manteiga à temperatura ambiente (usei Vaqueiro sabor a manteiga)
- 250 gramas de açúcar (usei amarelo)
- 4 ovos
- 160 gramas de farinha
- 1 colher de chá de fermento para bolos

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º C.
Deite o chocolate partido em pedaços no copo da bimby e triture 15 segundos na velocidade progressiva 5-10.
Junte a manteiga e programe 30 segundos, velocidade 3.
Junte o açúcar e os ovos e programe 3 minutos na mesma velocidade.
Incorpore a farinha e o fermento e programe 10 segundos na velocidade 3.
Deite a mistura numa forma untada e leve ao forno 45 minutos aproximadamente.
Pode tapar com papel de alumínio a meio da cozedura para que não queime a parte de cima.
Faça o teste do palito (ou do cake tester) para verificar a cozedura.


NOTAS: A forma que o Pedro escolheu foi a estrela d'A Metalúrgica e para as decorações usei pasta de açúcar da Vahiné .

22/06/15

Creme de mascarpone e iogurte com fruta

Boa tarde. 
Tinha por ali queijo Mascarpone para gastar e não me apetecia mesmo nada ir ligar o forno para fazer um bolo que pudesse depois rechear ou cobrir com algo feito com este queijo.
Por isso a Marisa Valadas do  Sweet my kitchen  sugeriu-me uma sobremesa diferente. Obrigada. 
A receita dela leva queijo quark mas como não tinha substitui por iogurte natural. Usei também cerejas em vez de morangos e não meti pêssego.




Ingredientes:

- 250 gramas de Mascarpone
- 250 gramas de iogurte natural
- 1 colher de sopa sumo de limão
- 1 ou 2 colheres de sopa de mel
- 1 saqueta (2g) agar-agar Vahiné
- 14 cerejas sem caroço
- 2 kiwis descascados e cortados em pedaços
- 2 rodela de ananás de lata, cortadas em bocados


Preparação:

Dissolva o agar-agar em um pouco de água, seguindo as instruções da embalagem e reserve.
Misture o mascarpone com o iogurte e junte o sumo de limão e o mel.
Envolva o agar-agar na mistura, junte o licor e leve ao frigorífico para que fique mais firme.
Arranje a fruta e corte-a em pedaços.

Divida o creme por taças e distribua a fruta por cima, decore a gosto e sirva.




Gelatina, Agar-Agar e Cuajada - Qual a equivalência?

Olá boa tarde.
Muitas são as dúvidas em relação a equivalências entre folhas de gelatina, gelatina em pó e Cuajada. A isto tudo ainda se junta o Ágar-ágar. 
Pois bem, aqui fica uma breve nota sobre este tema que espero que vos seja muito útil.



Para que quantidade de líquido usar gelatina e cuajada:



1 pacote de cuajada dá para Meio litro de líquido
12 folhas de gelatina dão para 1 litro de líquido

Qual a proporção entre a Gelatina em pó e a Gelatina em folha?




- 1 envelope (12g) de Gelatina em 
Pó equivale a 1 envelope (5 folhas
) de Gelatina em folhas
 
- 1 colher de chá de gelatina em 
pó equivale a 1 folha de gelatina.
















Qual a proporção entre a Gelatina em folha e Cuajada?
1 pacote de cuajada equivale a 6 folhas de gelatina
O que é o Ágar-Ágar
O ágar-ágar, também conhecido simplesmente como ágar ou agarose, é um hidrocolóide extraído de diversos gêneros e espécies de algas marinhas vermelhas que consiste em uma mistura heterogênea de dois polissacarídeos, agarose e agaropectina.

Gelatina em folhas - gelatina em pó - Cuajada - Ágar-Ágar
 2 gramas de ágar-ágar =  6 folhas de gelatina = 1 pacote de cuajada = 6 colheres de chá de gelatina em pó

21/06/15

Tarte Gelada de natas e leite condensado

Olá.
Aqui está uma sugestão fresquinha e calórica para os dias de calor. 






Ingredientes:



- 150 gramas de bolacha torrada (ou outra qualquer)

- 500 gramas de natas com o mínimo de 35% de gordura - bem frias

- 1 lata pequena de leite condensado



Preparação: 


Triture as bolachas 10 segundos na velocidade 7. Reserve.
Bata as natas, deitando-as no copo da bimby devidamente limpo e programe na velocidade 3,5 SEM TEMPO (ir controlando através do bucal e até obter a consistência desejada) - as minhas demoraram 3 minutos.
Incorpore o leite condensado e misture 5 segundos na velocidade 2,5.
Numa forma de fundo amovível, com 20 cm de diâmetro, coloque uma camada de bolacha, depois uma da mistura, o resto das bolachas e finalize com a restante mistura.
Leve 10 minutos ao frigorífico e depois transfira para o congelador até ao momento de servir.
Desenforme e decore a gosto.



19/06/15

Bolinhas de Bolacha Maria

Ligar o forno com este calor? Não é coisa que apeteça muito não acham? Por isso aqui fica uma sugestão fácil, rápida e deliciosa para o lanche. Apenas têm um problema. São VICIANTES. 









Ingredientes:


- 350 gramas de bolacha Maria
- 200 gramas de açúcar
- 125 gramas de margarina derretida (usei vaqueiro liquida)
- 2 ovos

Preparação:

Partir a bolacha em bocados e picar na velocidade 9.
Juntar todos os ingredientes no copo e programar 1 minuto, na velocidade 3.
Moldar umas bolinhas, passar por açúcar e colocar em forminhas de papel frisado. 

Macarrão grande com bacon

E quando, depois de uma reunião escolar,  se chega tarde a casa e são mais do que horas de jantar? O que se faz?
Improvisa-se!!
Foi o que fiz.
Cozi umas massas macarrão grande, fritei tirinhas de bacon às quais juntei depois natas e mistura de quatro queijos.
Escorri a massa e juntei-lhe esta mistura.
Resultado, um jantar rápido e muito bom. 



18/06/15

Batatas rendilhadas

Boa tarde.
Ontem foi dia de estrear o meu novo acessório da Borner - o cortador ondulado . Adquiri-o na Feira da Agricultura em Santarém.  
Adorei o look final das minhas batatas, divertidas e estaladiças no fim de fritas.
E o melhor de tudo é que apenas 5 batatas médias rendem muita quantidade. 







11/06/15

Souflé de bacalhau

Boa noite. Mais uma receita com bacalhau e posso garantir que é fácil de fazer e deliciosa.





Ingredientes:


- 300 gramas de bacalhau demolhado e desfiado DIAS
- 100 gramas de cebola picada 
- 3 dentes de alho picados
- 60 gramas de manteiga
- 30 gramas de farinha 
- 200 ml de leite
- Salsa picada q.b (a gosto)
- 3 ovos
- 1 colher de chá de mostarda Paladin


- Pimenta preta Margão q.b.

- Manteiga para untar







Preparação:

Esmagar o bacalhau até ficar uma pasta (eu usei a bimby - 10 a 15 segundos na velocidade 8 - mas pode usar um liquidificador, um almofariz com pilão ou uma simples colher de pau).
Se usar bacalhau já desfiado mas que precise de ser demolhado, faça-o e limpe-o bem de peles e espinhas antes de o esmagar. 
Num tacho juntar a manteiga com a cebola e os alhos picados e deixar refogar até a cebola ficar dourada. Juntar a farinha e misturar tudo muito bem.  
Adicionar o leite e deixar engrossar um pouco, mexendo de vez em quando. Juntar a papa de bacalhau.  Temperar com sal, pimenta e salsa a gosto. 
Entretanto separe as gemas das claras, misture com um garfo as gemas com a mostarda e bata as claras em castelo. 
Aos poucos junte à mistura anterior, as gemas. Misture bem e envolva as claras batidas em castelo.
 Depois das claras bem misturadas dividir em recipientes próprios para o forno untados com manteiga. 
Levar ao forno até ficar dourado (cerca de 20/25 minutos).














NOTA: Para picar os alhos e a cebola contei mais uma vez com a ajuda do meu ralador vegetariano da Borner




01/06/15

Dia da Criança 2015

Olá boa tarde.
Feliz Dia da Criança para todas as crianças do mundo.




Haverá pior dia para um bolo, que sempre me saiu às mil maravilhas, correr mal? Não pois não? Bem me parecia.
Pois estou deveras desiludida porque, quis fazer uma surpresa aos meus filhos para, quando eles viessem da escola, terem à sua espera um lindo bolinho feito pela mãe.
Enganei-me pois o bolo que faço tanta vez - o Victoria Sandwich - e que tão bonito e bom fica, resolveu não cozer no tempo do costume (por isso quando o desenformei estava cru no meio e para tentar remediar voltei a meter na forma, levando mais tempo ao forno). 
Quando o voltei a tirar do forno ainda estava mal cozido no meio e partiu-se.
Nem a cobertura de chocolate da Vahiné o salvou.
Restou-me deixá-lo assim (embora a minha vontade fosse mandar tudo para o lixo) e enfeitar na mesma.
Eis o desastroso resultado. O que me consolou foi ambos os meus filhos me terem dito: não faz mal mãe, não precisavas de ter feito mas obrigado. 
E o beijinho que ambos me deram fez-me crer que eu tinha feito o melhor e mais bonito bolo de mundo.  
AMO-VOS MUITO João e Pedro.