15/08/16

Tarte de Maçã sem forno

Boa noite,
Hoje trago-vos uma tarte deliciosa, fácil e rápida de fazer.
De comer e chorar por mais.
Chama-se tarte sem forno, embora a  base vá ao forno, sendo a única coisa.
Pode ser feita com outra frutas sem ser a maçã e a receita veio daqui .



Ingredientes para a massa:

- 135 gramas de farinha tipo 55
- 40 gramas de amêndoa moída
- 100 gramas de manteiga
- 50 gramas de açúcar
- 1 ovo
- Aroma de baunilha (opcional)

Ingredientes para o creme rápido de pasteleiro: 

- 250 ml ou 250 gramas de leite
- 2 ovos M
- 60 gramas de açúcar
- 20 gramas de maizena
- 1 vagem de baunilha

Ingredientes para a cobertura da maça : 

- 2 maças grandes
- 75 gramas de manteiga
- Um pouco de açúcar



Preparação Tradicional da massa:

A manteiga deve estar bem fria. Cortar em pedaços pequenos. Misturar numa taça todos os ingredientes. Trabalhar apenas a massa para unir os ingredientes. Fazer uma bola e espalmá-la um pouco. Levar meia hora ao frigorífico enrolada em película aderente. 
Depois desse tempo meter a massa entre dois plásticos e estender com um rolo  da massa. Forrar uma tarteira de fundo amovível, untada. Tirar a massa em excesso passando o rolo por cima da forma (confesso que tive alguma dificuldade em trabalhar a massa com o rolo e os plásticos e acabei por forrar a tarteira com ela mesmo com as mãos).
Furar toda a massa com que forrou a tarteira. Levar ao frigorífico durante 10 minutos. Recortar um papel de forno da medida do interior do molde e colocar por cima feijões ou algo que faça peso, como bolas de cerâmica, para que a massa não fique insuflada. 
Pré-aquecer o forno a 200º C.
Baixar a temperatura para 180ª C e deixar cozer uns 15 minutos. Este será o tempo suficiente se a tarte voltar ao forno depois de colocado o creme de pasteleiro. Contudo se optar por já não levar a tarte ao forno depois de recheada, deixe por mais 5 minutos no forno SEM os pesos colocados na base. 

Preparação Bimby da massa:

Colocar  todos os ingredientes no copo da bimby e programar 15 segundos na velocidade 6. Fazer uma bola e espalmá-la um pouco. Levar meia hora ao frigorífico enrolada em película aderente.
Depois desse tempo meter a massa entre dois plásticos e estender com um rolo  da massa. Forrar uma tarteira de fundo amovível, untada. Tirar a massa em excesso passando o rolo por cima da forma (confesso que tive alguma dificuldade em trabalhar a massa com o rolo e os plásticos e acabei por forrar a tarteira com ela mesmo com as mãos).
Furar toda a massa com que forrou a tarteira. Levar ao frigorífico durante 10 minutos. Recortar um papel de forno da medida do interior do molde e colocar por cima feijões ou algo que faça peso, como bolas de cerâmica, para que a massa não fique insuflada. 
Pré-aquecer o forno a 200º C.
Baixar a temperatura para 180ª C e deixar cozer uns 15 minutos. Este será o tempo suficiente se a tarte voltar ao forno depois de colocado o creme de pasteleiro. Contudo se optar por já não levar a tarte ao forno depois de recheada, deixe por mais 5 minutos no forno SEM os pesos colocados na base. 

Preparação Tradicional do creme de pasteleiro: 

Colocar numa taça todos os ingredientes menos a baunilha, e bater bem com a batedeira. Abrir a vagem da baunilha ao meio e raspar com a ponta de uma faca o interior da mesma. Juntar à mistura e mexer bem.. 
Deitar o creme num tacho e levar ao lume médio sem nunca deixar de mexer com umas varas de arames até engrossar. Deitar depois numa taça, cobrir com película aderente, para que não crie crosta por cima. Levar ao frigorífico até que vá usar. 

Preparação Bimby do creme de pasteleiro: 

Deitar todos os ingredientes no copo da bimby, excepto a baunilha. Programas 10 segundos na velocidade 4. Abrir a vagem da baunilha ao meio e raspar com a ponta de uma faca o interior da mesma. Juntar à mistura e programar 5 minutos, temperatura 100º C, velocidade 3. Deitar depois numa taça, cobrir com película aderente, para que não crie crosta por cima. Levar ao frigorífico até que vá usar. 


Preparação Tradicional da cobertura de maçã:

Descascar as maçãs e tirar o caroço . Reservar as cascas e os caroços. Laminar as maçãs (usei a minha mandolina V3 da Borner e facilitou-me muito a tarefa pois obtive fatias bem finas). 
Colocar a a manteiga numa frigideira anti-aderente e deixar derreter sem queimar. Juntar as laminas da maçã e um pouco de açúcar por cima. Deixar cozinhar de um lado e de outro até estarem ligeiramente macias e douradas. Colocar por cima do creme de pasteleiro que entretanto já está por cima da massa. 
Fazer uma calda com 1 copo de água, uma colher de açúcar, as  cascas e os caroços das maçãs, deixando cozer em lume médio até obter uma redução. Coar e reservar. Deixar arrefecer e depois pincelar a tarte.  


1 comentários:

Sejam bem vindos ao meu blog. Espero que gostem. Comentários e opiniões são bem vindos. Serão moderados e responderei assim que possível.
Obrigada
Alexandra